segunda-feira, 11 de maio de 2009

Trabalho 3° Ano A - Campo Elétrico

Olá colegas do 3° ano A vespertino, neste espaço vocês devem postar o resumo de seu trabalho sobre Campo Elético ok?

Estarei aguardando as suas contribuições!
Um forte abraço!

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Campo elétrico

    Michael Faraday (1791-1867)foi o primeiro a propor o conceito de campo elétrico, este conceito foi o primeiro com os trabalhos de James Marxwell, discípolo de faraday.
    O conceito de campo elétrico surgiu de explicar a ação de força a distância. O campo elétrico pode ser entendido como um campo de força provocada por cargas elétricas (eletrons, prótons ou ions) ou por sistema de cargas. Cargas elétricas estão sujeitas a uma força eletrica.
    Estes fenômenos são observados pelo o homem desde a antiguidade. E desde então houveram vários modelos que foram propostos para tentar explicar a sua origem.
    O modelo de cargas eletricas, prevê a existência de dois tipos de cargas elétricas .Para explicar os fenômenos eletricos, que eram observados, foi necessário a lei de atração e repulsão.
    O modelo simples e fácil que podemos observar esse fato é o das bexigas.
    Se atritarmos uma bexiga com os cabelos ela se atritará, pois a bexiga é um material isolante e se eletriza por atrito.
    Um primeiro teste é a verificação da repulsão entre elas. Eletrizamos as duas bexigas por atrito com os cabelos . Assim , as duas bexigas receberão o mesmo tipo de cargas dos cabelos e ao aproximarmos uma da outra elas se repelirão.Note que as bexigas irão se eletrizar com as mesmas cargas.
    Para verificarmos a atração entre duas bexigas, eletrizamos por atrito uma bexiga com os cabelos e aproximarmos esta de uma bexiga neutra. Devemos observar neste caso uma atração quando se aproxima a bexiga eletrizada da bexiga neutra.As cargas da superficie da bexiga se arranjarão em dipolos fazendo com que as bexigas se atraiam.
    Objetivos
    Mostrar a existência de cargas elétricas e sua propriedade.
    Conclusão
    Concluímos que o campo elétrico pode ser encontrado em objetos que aparecem em nosso dia-a-dia como por exemplo nos ventiladores. Com tudo podemos compreender como se da a repulsão e atração entre matérias carregadas.

    Referência webgraficas:
    www2.fc.unespe.br/experimentosdefisica/ele5.htm
    acessado em 09/06/09

    http://.wwwikipedia. orgs/wikis/campo_el ¢c3¢a9trico
    acessado em 28/05/09

    sosfisica.blogspot.com/2008_06_15_archi rie.html
    acessado em 09/06/09

    grupo:Isadora dos santos
    Jéssica Rodrigues
    Ysabelle Bittencourt
    Saulo Oliveira

    ResponderExcluir
  3. CAMPO ELÉTRICO
    Campo elétrico é o campo de força provocado por cargas elétricas (elétrons, prótons ou íons) ou por um sistema de cargas. As cargas elétricas em um campo elétrico estão sujeitas a uma força elétrica. O campo elétrico é uma grandeza vetorial, portanto é representado por um vetor. Para determinarmos a sua presença, colocamos uma carga de prova no meio. Se esta ficar sujeita a uma força, dizemos que a região em que a carga se encontra, está sujeita a um campo elétrico, usualmente simbolizado por e que se denomina vetor campo elétrico.
    O experimento que nós escolhemos é uma representação perfeita para demonstrar como ocorrem esses aspectos propostos pelo campo elétrico.
    Na nossa experiência utilizamos: um canudo de refresco e um pedaço de papel higiênico. Vamos eletrizar o canudo, atritando-o com o papel higiênico.
    Ao atritarmos o canudo passará a representar uma carga negativa, dependendo do atrito. O atrito, no nosso experimento, deixará o canudo carregado negativamente.
    Após o atrito do canudo, utilizaremos uma base neutra, pois essa base servirá de atração para o próprio canudo. Para ficar de forma clara, utilizaremos uma parede. Essa parede encontra-se neutra.
    Ao atritarmos o canudo e colocá-lo encostado na parede, observaremos que o mesmo estará grudado com a parede, após ser atritado. Como já mencionamos, isso ocorre de acordo com os princípios do campo elétrico, no qual o canudo, com carga negativa após o atrito, é atraído pela parede que se encontra neutra.
    Se colocássemos dois canudos atritados com a mesma carga, consequentemente eles se repeliam, pois segundo as leis da física, cargas iguais se repelem, o que não acontece com as cargas opostas, pois elas se atraem.
    Os meios utilizados nesse experimento são meios diretos da física, mostrando de forma clara a atuação desses fatores ligados à carga elétrica, que por sua vez é uma propriedade física fundamental que determina algumas interações eletromagnéticas.
    Contudo, constatamos a importância e a presença de forma clara da física no nosso dia a dia. A física possui uma grande importância na estrutura do próprio planeta em diversos aspectos, mantendo assim, relação com as demais ciências em várias formas.

    Referências Bibliográficas:
    Coleção biblioteca da escola em casa da DCL (Difusão Cultural do Livro).

    Referências Web gráficas:
    http://educar.sc.usp.br/licenciatura/1999/wtexto2.html
    Escola Estadual Professor Rosalvo Lôbo
    Grupo: Agailton Lopes
    João Paulo Muniz
    Laurinete Napoleão 3º ano A
    Polyana Moraes
    Vinícius Martins

    ResponderExcluir
  4. Campo elétrico
    I- Introdução
    A eletricidade formadora do campo elétrico foi estudada por Tales de Mileto .O estudioso da natureza descreveu o fenômeno que consiste em uma barra de âmbar que atrai pequenas objetos depois de esfregada em pele de coelho. Que é o mesmas coisa que esfregar uma caneta de plástico contra um pano, e assim o objeto fica electricamente carregado.
    Campo elétrico é o campo de forças provocado por cargas elétricas ou por sistema de carga. O campo elétrico é uma grandeza vetorial, por isso é representado por um vetor. Para determinarmos a sua presença colocamos uma carga de prova no meio. Se esta fica sujeita a uma força, dizemos que a região em que ela se encontra, está sujeita a um campo elétricos. O vetor campo elétrico tem sempre a mesma direção da força a que está sujeita, e o sentido é o mesmo da força.
    II- Desenvolvimento
    Quando uma esfera está eletrizada, suas cargas tendem a espalhar-se pela superfície externa, porque a repulsão entre as cargas fazem com que elas se mantenham o mais longe possível uma das outras, e os efeitos de campo elétrico criados no interior do condutor acabam se anulando obtendo assim um campo elétrico nulo. A mesma coisa acontece quando o condutor não está carregado, mas está em uma região que tem um campo elétrico causado por um agente externo. Seu interior fica livre da ação desse campo externo, fica blindado. Esse efeito é conhecido como blindagem eletrostática.
    Para provar esse efeito, o físico britânico Michael Faraday fez, em 1836, um experimento para provar os efeitos da blindagem eletrostática. Ele construiu uma gaiola de metal carregada por um gerador eletrostático de alta voltagem e colocou um eletroscópio em seu interior para provar que os efeitos do campo elétrico gerado pela gaiola eram nulos. O próprio Faraday entrou na gaiola para provar que seu interior era seguro. Esse experimento ficou conhecido por “Gaiola de Faraday”Desde modo a blindagem também ficou conhecida por gaiola de Faraday.
    O experimento a seguir evidencia uma dessas propriedade da gaiola de Faraday.
    Material
    · Um rádio receptor portátil (AM e FM )
    · Uma folha de 'papel' de alumínio (desses que utilizamos para envolver os alimentos)
    · Uma folha de jornal.
    Procedimento
    Com o receptor de rádio, sintonize em OM (ondas médias) uma emissora local que seja bastante potente.
    • Envolva o receptor com a folha de jornal e observe (auditivamente) o que acontece. Observou que o rádio continua 'falando' normalmente.
    • Retire a folha de jornal que envolve o rádio e use agora a folha de papel alumínio, envolvendo-o totalmente. Você deve ter constatado que 'embrulhado' com a folha de alumínio o rádio deixa de 'falar'.
    III-Conclusão
    Podemos concluir que a papel alumínio que envolve o receptor de radio constitui uma gaiola de Faraday, a qual impede que sejam captados os campos eletromagnéticos (ondas) que transportam o sinal que faria o rádio 'falar'Esse feito é muito utilizado em nosso dia a dia. Como exemplos podemos citar os carros e aviões, que atuam como gaiolas de Faraday, nos protegendo caso sejamos atingidos por uma descarga elétrica, contrariando o pensamento popular de que os pneus do carro é que fazem essa proteção. Construções também são feitas utilizando blindagem eletrostática, a fim de proteger equipamentos eletrônicos.

    Referências bibliográficas:
    Tipler, Paul A. - Física (4a Edição), Vol 2. Editora LTC

    referências Web gráficas:
    www.feiradeciencias.com.br/sala11/11_47.asp;
    http://www.mundoeducacao.com.br/fisica/gaiola-faraday.htm


    ALUNOS:
    Naara, Alessandra,Camila, Hadassa e Yvan.
    3°ano.

    ResponderExcluir
  5. Campo Elétrico
    O Campo Elétrico é um campo de força provocada por cargas elétricas, as cargas elétricas estão sujeitas a uma força elétrica caso estejam em um campo elétrico.
    O campo elétrico é representado por um vetor, pois é uma grandeza vetorial, para conseguir determinar sua presença colocamos uma carga que será utilizada como campo elétrico.
    O campo elétrico sempre é positivo quando nascer e negativos quando morrem e quando são colocadas duas cargas positivas próximas é gerado um campo elétrico de afastamento o mesmo ocorre quando são colocadas duas cargas negativas.
    Para se produzir um campo elétrico basta utilizar duas cargas planas e paralelas eletrizadas com cargas do mesmo módulo e sinais opostos.
    A Historia fala que um filósofo e estudioso da natureza descreveu o fenômeno que consiste em uma barra de âmbar que atraiu pequenos objetos depois que é esfregado em uma pele de coelho, que também pode ser feito com uma caneta de plástico e esfregada no cabelo e com isso o objeto ficara eletrizado.

    Bibliografia:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Campo_elétrico
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Gaiola_de_Faraday

    Alunos:
    Carlos Eduardo Silva Tolêdo
    Raisa Suellen Marinho
    Renata Patricia

    ResponderExcluir
  6. Campo Elétrico
    Campo életrico é o campo de força provocadas por cargas elétricas ( elétrons, prótons ou íons) ou por um sistema de cargas. As cargas elétricas em um capo elétrico estão sujeitas a uma força elétrica. O campo elétrico é uma grandez vetorial, portanto é representado por um vetor. Para determinamos a sua presença, colocamos uma carga de prova no meio. Se estar seujeita a uma força, dizemos que a região em que a carga se encontra, está sujeita a um campo elétrico, usualmente simbolizado por e que se denomina vetor campo elétrico.
    O experimento que minha equipe escolheu foi a Gaila de Faraday, essa experiência demostra o que é o campo elétrico.
    Gaiola de Farady: Consiste numa blindagem elétrica que é conseguida ao criarmos uma superficie oca feita com uma rede ou malha metálica, isolada da terra. Se a malha metálica ou a rede for relativamente na superfície externa da Gaiola. Esta estrutura previne que os sinas elétricos muito fortes, por exemplo, provinientes de um relâmpago criem campos elétricos muito intensos dentro da gaiola . Isto é conseguido pelo fato de que o campo elétrico externo induzir a mobilidade de cargas na superfície da gaiola cujo campo elétrico vai cancelar o campo elétrico externo no interior da superfície da gaiola.
    Conclusão se nos enrrolarmos o Celular em um papel metálico ou numa Malha metálica, o celular vai ficar sem rede, e naum receberá chamadas.

    Referências Webgraficas:
    http://www.feiradeciencias.com.br/sala11/11_47.asp

    http://educar.sc.usp.br/licenciatura/1999/wtexto2.html

    Escola Estadual Professor Rosalvo Lôbo
    Grupo: Bruna,Caio,Dayse,Ítalo Thomáz e Leticia Braga.

    ResponderExcluir